Porque é que a minha frequência cardíaca não está boa?

Optámos por utilizar a última tecnologia da Philips em sensores, a fim de lhe oferecer um dos sensores mais fiáveis do mercado.

 

Em primeiro lugar, é importante posicionar corretamente o relógio no pulso:

LINK VÍDEO

 

O relógio deve estar devidamente ajustado ao pulso sem causar desconforto. Se a pulseira estiver demasiado folgada, o relógio não medirá corretamente o sinal.

 

A medição da frequência cardíaca com um sensor cardiofrequencímetro no pulso (leitura ótica) é ideal para as práticas desportivas com movimentos repetitivos, como a corrida ou o ciclismo.

Para os desportos de fitness (musculação, …), aconselhamos utilizar uma banda cardio

 

Para melhorar a medição do sinal cardíaco no início de uma atividade, comece a sua atividade alguns minutos antes da sessão, a fim de permitir a procura dos sinais satélites e do sinal cardíaco por parte do dispositivo. Uma vez pronto, pode então iniciar o cronómetro.

 

Existem no entanto alguns fatores que podem comprometer a medição da frequência cardíaca:

- A análise de um fluxo sanguíneo (pulsação) através de um feixe luminoso nunca será tão rápida quanto o sinal eletromagnético captado por uma banda cardio.

- O relógio fica posicionado numa zona relativamente afastada do coração, pelo que o sangue demora algum tempo até chegar ao pulso. Num esforço fracionado, terá um período de atraso na medição do sinal cardíaco.

- Quando o tempo estiver frio, ocorre uma diminuição do tamanho dos vasos sanguíneos, que poderá levar o seu relógio a interpretar os sinais daí resultantes como uma frequência cardíaca baixa ou elevada.

- A vascularização do seu braço direito pode ser diferente da do seu braço esquerdo. Se os resultados não forem satisfatórios num braço, experimente colocar o relógio no outro braço.

- De igual modo, se tiver tatuagens na zona do relógio, poderá haver dificuldade em medir a frequência cardíaca.

Última atualização
pessoas de fora Achou este artigo útil
ESTE ARTIGO FOI ÚTIL?
SIM
NÃO
CONTACTE-NOS
PREFERE ENVIAR-NOS UMA MENSAGEM?
SUA PERGUNTA